Cuidados odontológicos para a terceira idade

A promoção à saúde do idoso depende de cuidados preventivos e específicos que devem levar em conta vários fatores antes de se iniciar qualquer tratamento.

A saúde bucal é muito importante na terceira idade. Está ligada ao conforto, socialização, satisfação, autopercepção, entre outros aspectos da vida do idoso. É preciso ter cuidados redobrados e sempre é recomendável uma avaliação do quadro clínico do paciente. Por isso, a participação de dentistas também é fundamental, até mesmo para se precaver de possíveis eventualidades e obter bons resultados nos tratamentos executados.

Higiene bucal adequada, atenção com uso e interação medicamentosa são outras recomendações.

De acordo com o quadro de saúde de cada paciente, os procedimentos variam e devem ser seguidas algumas dicas para prevenir seqüelas, tais como secura bucal, problemas gengivais e de cicatrização junto aos diabéticos. É indicado o monitoramento da glicose. Já com a osteoporose e artrite, os principais cuidados devem ser relacionados com as estruturas ósseas dentais e com o posicionamento das cadeiras odontológicas.

Uma avaliação geral das alterações dos quadros de saúde é um aspecto que diferenciam a prática odontológica na terceira idade. Além disso, a cooperação com outros profissionais de saúde, como médicos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e enfermeiros, pode otimizar distintos tratamentos. Facilitar a mobilidade, controlar o estresse, manter conforto e evitar traumas são prioridades.

Em caso de dúvida, consulte seu dentista.